Pub

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Nelson Mandela... O prisioneiro 46 664 livre para entrar na eternidade!

Morreu um dos meus heróis!
Sem dúvida um dos grandes homens que atravessou o séc. XX e chegou aos nossos dias...


A liberdade foi o seu legado... Ficam os gestos ao longo da sua vida, ele que foi um homem de gestos.

Há pouco, Pedro Abrunhosa no Facebook publicou este texto, que não resisto a partilhar... porque diz exatamente o que eu gostaria de dizer neste momento:

"O Tempo que temos é finito. Eterna apenas a Obra que deixarmos: vivemos, pensámos, agimos. Eis a nossa marca. A Vida não deve ser, em nenhuma circunstância, um acto impassível de contemplação perante o fatal rodar dos ponteiros, mas uma permanente revolta interior de busca por uma existência mais digna, para nós e para todos.
Há Homens que nunca se deixam dominar, que não se subjugam à falsa inevitabilidade do destino dedicando todas as suas energias a mudá.lo. Durante a tentativa, alguns conseguem-no, arrastando toda a Humanidade na sua peugada, na sua difícil dialéctica de cavalgar os dias. Contudo, tentar, é já uma forma maior de se fazer prova de vida, de mudança, de futuro, de inconformidade. E essas são as características que nos separam de todas as espécies existentes: o destino do Homem não é ser escravo. É libertar-se!
Nelson Mandela é um exemplo que moldará para sempre a maneira como se escreverá a História do Mundo. Quando injustiçado, lutou. Quando preso, resistiu. Quando eleito Presidente da Republica, perdoou. E aos que durante décadas o torturaram, humilharam e privaram da liberdade, mostrou, como só os magnânimos sabem fazer, que os inimigos apenas duram o tempo que lhes concedermos, e ao terem agido por ignorância, isso não faz deles maus, mas homens. E assim, Mandela venceu. Por nós, tinha que vencer.
Hoje, findo o tempo da sua existência terrena, acredito que se tornará poeira a sua matéria, e Infinito o infinito legado que deixa à Humanidade.
Vives em mim.
Viverás assim em tantos e tantos mais! 
Obrigado, Madiba!"

Nunca te esqueceremos!